Família põe fogo em avenida, fecha trânsito e acusa PM de matar jovem durante operação


Polícia afirma que não há registro do fato

Família põe fogo em avenida, fecha trânsito e acusa PM de matar jovem durante operação

Foto: Leitor Metro1

Por: Metro1

Familiares de um jovem supostamente morto por policiais em uma operação no bairro de Saramandaia, em Salvador, realizaram um protesto no início da tarde desta terça-feira (24), na entrada da região de Jardim Brasília. Segundo a Superintendência de Trânsito do Salvador (Transalvador), o ato travou a marginal da via, na altura do Departamento Estadual de Trânsito (Detran), e os manifestantes colocaram fogo na rua.

A Transalvador ainda informou que haviam poucas pessoas na manifestação, que durou cerca de 20 minutos. Presentes em fotos e vídeos encaminhados por leitores do Metro1, um veículo da superintendência esteve no local e agentes policiais estavam ao lado das pessoas, que seguravam cartazes com fotos e uma frase que dizia “ Leite Pimentel, assassino perverso, matou jovem e largou em um matagal”.

Metro1 entrou em contato com a Polícia Militar, que respondeu que, “de acordo com o comando da 1ª CIPM, não há registro deste fato”.